quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Tutorial da sapata sem noção


Estou aqui hoje, especialmente pra mostrar um passo a passo de como se tornar uma sapata sem noção de Kristen Stewart à nossa diva sapata do descontrole Lindsay Lohan. Não tem mistério algum nessa tutorial, afinal de contas todas sabemos que se mulher já é um bicho transtornado, se for sapatão então pode por ao quadrado. Então vem gente!

Primeiro passo - Case-se ou namore um boy estilo Robert Pattinson, que tem nojo de neca porque já falou. (rs)

Segundo passo – Cisme com a hetero do trabalho e sonha que ela vai te dar mole um dia desses.

Terceiro passo – Comece a namorar e encher o saco dos amigos nas redes sociais, dizendo o quanto você ama sua namorada em longozzzzz e tortuososzzzz posts no facebook.

Quarto passo – Como se já não bastasse a cafonice dos posts,  faça avatas de noivas, poste aquelas fotos que geralmente  pouco favorecem o casal. Fotos do tipo que me fazem pensar “NOT”, sem esquecer da legenda “fofa”: Euzinha e meu Mô.

Quinto passo – Mude o status para “casado”. Esse é o estágio da aliança, da alienação completa do mundo exterior. E daí que as criancinhas da África têm fome? Você está amando.

Sexto passo – Tenha certeza de que ela é a mulher da sua vida, a única. Francamente... (rs)

Sétimo passo – O namoro acabou, ela te enganou, você se enganou, descobriu que ela é uma vaca... Esqueça a maturidade e use as redes sócias pra choramingar, pra da a lições de vida, pra dizer o quanto você tá sofridazzzz e decepecionadazzzzz, ai que sono.

Oitavo passo – Torne-se um exu na vida dela. Ligue, faça cena, fique na porta da boaty que ela toca fazendo a louca do cú. Né Lindsay? (rs)

Nono passo – Diga que não agüenta mais viver sem ela, que vai se jogar da janela, que vai se cortar com a nossa velha conhecida faca sem ponta, enfim faz a suicida.

Décimo passo – Depois da longazzzz e sofridazzzzz jornada de separação, assuma o papel démodé de sapata comedora descrente do amor. Passe as noites fora de casa bebendo cazamiga e constrangendo a sociedade. Por fim, dirija bêbada e drogada, louca do cú pelas ruas e seja presa. Mais uma dica da linda da Lindsay!

Pronto, agora já não falta mais nada! Depois disso tudo sapatão, eu te batizo! (rs). Tá linda, tá bonita, tá sem noção!


quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Mulher Hetero x Sapatão


Que atire a primeira pedra a sapatão que nunca cismou com uma hétero! Quando eu digo “cismou”, não me levem a mal, mas é que lésbica não se apaixona, né?! Lésbica cisma! E é de lei, pelo menos uma vez na vida da sapatão, aquela hétero maldita, que faz a indecisa, a que dá um nó pior do que o de marinheiro nas nossas cabecinhas, aquele que nem novena pra Nossa Senhora desatadora dos nós desfaz. Enfim, o grande problema de cismar com hétero é que: PORRA SAPATÃO, ELA É HETERO!

Mas quem nunca teve aquela hétero gostosa e desejada sentada no seu colo e se perguntou: O que isso quer dizer? Quem nunca teve aquela hétero gracinha pegando a sua mão? Quem nunca pegou aquela hétero na festa do trabalho, completamente bêbada e que te diz no dia seguinte: “Você é a única garota com quem vou ficar na vida, eu sou hétero!” ( Ah, tá ). "Mas o que isso quer dizer?" Sapatão tem mania disso! Tudo quer dizer alguma coisa. Porra sapatão, não!

Sei que está se perguntando: "Mas como assim?". Calma lésbica, eu explico! Enquanto a sapatão intensifica tudo pensando nos significados de frases e gestos simples como beber no mesmo copo que você ou dizer: “Vou ao banheiro e já volto.”, para a hétero, ela só quis dizer o que realmente ela disse, então PARA SAPATÃO!  Ela não te chamou pro banheiro, ela não te quer! Mas não custa ir conferir, né?! (rs)

A verdade é que precisamos delas nas nossas vidas, é uma fase, é um drama a mais, é um motivo e mais um momento Fucking Life, o que toda sapatão que se preze adora. Então cismem com as héteros, mas com moderação! Depois passem dessa fase, porque olha... Eu não aguento hein! Porra sapatão! Mas tem uma hétero no meu trabalho... (rs)